Desenvolvendo um time através de hábitos

Como otimizar o desempenho de sua equipe através da criação de hábitos

Qual empresário nunca apontou a equipe como a culpa dos resultados abaixo do esperado em seu negócio?

Esse hábito é muito comum e abrange grande parte da população, não estando presente apenas no âmbito empresarial/industrial. Para nossa decepção, na maioria das vezes esses resultados não são frutos do contexto em que seu negócio se encontra ou da equipe em si, mas sim da falta de uma autocrítica, seguida de uma busca por desenvolvimento do modo de funcionamento do seu negócio.

Para dar início ao processo de reparo, primeiro se faz necessária a realização de uma avalição, para que se possa entender os reais motivos do baixo rendimento. Sendo assim, algumas perguntas importantes devem ser respondidas.

- O baixo desempenho tem sido demonstrado agora ou é algo constante?
- Todo o ramo da empresa que esse profissional faz parte tem apresentado o mesmo desempenho ruim?
- Esse colaborador tem líderes antenados?
- Quantas horas semanais esse colaborador trabalha?

Pensando nessas questões como um todo fica mais fácil avaliar a situação do membro da equipe e os motivos que podem estar gerando o baixo rendimento. Procurar saber a visão dele a respeito da empresa também pode ser muito esclarecedora.

Após uma análise dos fatores, pode-se partir para estratégias práticas de como cada membro pode melhorar o seu desempenho próprio e tentar inspirar o resto da equipe com essa atitude:

Planejamento e Estratégia - Hábitos

Planejamento e Estratégia.

Criação de hábitos:

De acordo com Charles Duhigg, autor de “O Poder do Hábito”, a tendência do cérebro humano é transformar qualquer rotina em um hábito, trabalhar no piloto automático e poupar esforço para executar determinada atividade.

É dessa forma que desprendemos pouco energia e fazemos com facilidade atividades como escovar os dentes, tomar banho por exemplo. A criação de um hábito segundo o autor, é composta por três partes:

- Um estímulo que indica o hábito que está para acontecer e faz com que o cérebro funcione no piloto automático.
- A execução do hábito em si, podendo ser algo físico, mental ou emocional.
- A sensação agradável que o cérebro assimila a partir do hábito desencadeado.

Entendendo isso, podemos aplicar os conceitos ao nosso meio de trabalho ao identificarmos hábitos ruins e modifica-los, sabendo que de um problema podemos estabelecer uma rotina de ação para suprimi-lo, o que promoverá sempre uma recompensa para o do seu trabalho, sendo ela um facilitador ou algo que melhore a qualidade do seu produto final, motivo para a sensação agradável apontada anteriormente.

Ligando a estratégia de criação de hábitos ao objetivo de otimização da equipe, podemos pontuar algumas recompensas importantes a serem obtidas para que de fato possamos atingir o rendimento ideal do grupo:

Organização:

Organização - Hábitos

Organização.

Indispensável para qualquer ambiente de trabalho a organização é essencial para qualquer profissional que queira ter mais produtividade e qualidade, pois garante às pessoas melhores condições de vida e facilidade no dia-a-dia.

Muito disso se deve ao fato de a desordem gerar muitos atrasos e situações desagradáveis, o que prejudica o desenvolvimento e efetividade de atividades tanto devido ao fator tempo, que piora o rendimento, quanto ao emocional, que tem forte tendência de prejudicar a qualidade do serviço prestado.

A organização no ambiente de trabalho também é ter todas as peças funcionando em consonância, ter uma equipe unida que luta por um mesmo objetivo é sinônimo de conquista e alcance de metas. Para esse quesito, se faz necessária a atividade dos líderes em conduzirem bem seus colaboradores.

Para exercer essa atividade de forma maestral, nada mais importante do que conhecer quem são seus colaboradores e entender como certas situações podem ser resolvidas sem causar desmotivação dos mesmos. Visto isso, é mostrada ainda mais a importância das perguntas-análises para o desenvolvimento de uma equipe organizada e de alto rendimento.

Segurança:

Segurança no trabalho - Hábitos

Segurança no trabalho.

Tratada com diferentes sentidos, a segurança no trabalho pode representar muito bem diferentes âmbitos laborais.

O medo é um dos principais fatores que restringem o desempenho de uma pessoa no ambiente de trabalho e é extremamente importante para geração de uma equipe de alto rendimento, diminuir o máximo ambos os tipos de medo que podem surgir em um ambiente de trabalho.

O medo de errar, também bem exemplificado como medo de se sentir incapaz, é umas das maiores, senão a maior causa da deficiência na execução de atividades. A desconfiança presente no momento de trabalho gera um bloqueio no colaborador o que possui influência direta na fluidez do trabalho da equipe e consequentemente, pode acarretar em uma desmotivação geral.

Outro “medo”, muito mais presente nos meios industriais é o próprio risco a saúde dos funcionários. A falta de segurança nesse ambiente de trabalho certamente causará perdas de tempo incalculáveis pois para exercer sua função, o contribuinte terá que ter a todo momento uma função redobrada, algo que cria um descontentamento enorme visto que segurança é uma condição básica de trabalho.

Mas como relacionar o desenvolvimento de hábitos com a solução desses possíveis problemas em seu negócio?

Esses problemas são frutos tanto da estrutura do negócio e da ação de seus funcionários e se deve a isso o fato de criação da cultura e hábito gerar tanto impacto nos resultados.

Uma equipe que trabalha em consonância e mantém hábitos que facilitam e impulsionam de forma positiva suas atividades tem o poder suficiente para mudar a cara de uma empresa, ou seja, abalar (de forma positiva) as estruturas do negócio. Com a implantação de uma cultura, os pontos fora da curva por questão de necessidade começam a se adaptar ao padrão (correto), em uma estrutura consolidada, ações como manter a organização de seu espaço de trabalho para não atrapalhar o outro ou remover os possíveis riscos para prezar pela segurança da equipe se tornam ações cotidianos e após a conscientização, sucesso e prosperidade são só consequências.

Quer saber como a Química Jr. pode ajudar na gestão da sua empresa? Entre em contato!